A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Sete fatos que você não conhecia (ou não lembrava) sobre o primeiro “Velozes e Furiosos”

Há exatos 15 anos, em 22 de junho de 2001, entrou em cartaz um certo filme sobre carros com um roteiro não muito original, um nome reaproveitado e protagonistas relativamente desconhecidos entre o grande público. O nome do filme você já sabe. "Velozes e Furiosos" (The Fast and The Furious - 2001) teve um orçamento relativamente baixo, e talvez por isso não tinha grandes pretensões. Mas foi o filme que faltava para um público que já tinha sua cultura automotiva de rua, sua identidade própria, mas ainda parecia não ter sido reconhecida como entusiasta. Na época a cultura automotiva ainda era representada pelos muscle cars, pelos esportivos europeus, pelo rock 'n' roll, por caras tatuados fazendo cara de mau e loiras gostosas com roupa de couro. Enquanto isso, uma nova geração de pessoas que cresceram longe dessa cultura automotiva tradicional estava nascendo, comprando carros japoneses baratos e extraindo o máximo desempenho possível deles, curtindo música eletrônica, hip hop, R&

Matérias relacionadas

“Milagre!!” Uma campanha bem sacada contra os espertinhos da vaga de deficientes

Dalmo Hernandes

Este monstrinho com motor 1.4 T-Jet de 500 cv vai te fazer querer um Fiat Seicento

Dalmo Hernandes

O espírito inovador da SAAB

Marco Antônio Oliveira