A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Trabant: o triunfo da vontade de ter um carro acima de tudo

No dia 9 de novembro de 1989, dois países voltaram a ser um: foi derrubado o Muro de Berlim, que dividia a Alemanha fisicamente, ideologicamente e economicamente. Depois daquele dia, milhares e milhares de famílias colocaram tudo o que tinham dentro do Trabant e atravessaram a extinta fronteira com a esperança de uma vida melhor. O Trabant, surgido em 1957, foi a solução da Alemanha Oriental para motorizar o novo país. A Alemanha foi dividida em 1949, quando foi estabelecida a República Democrática Alemã (DDR na sigla em alemão, RDA na sigla em português) que, depois do fim da Segunda Guerra, ficou com a União Soviética. A outra metade, controlada pelos EUA, Reino Unido e França, tornou-se a República Federal da Alemanha (RFA), ou Alemanha Ocidental. Eram lados bem diferentes, com uma clara divisão socioeconômica — o lado ocidental, próspero e economicamente livre, fez como que logo se tornasse comum que famílias inteiras mudassem de lado em busca de melhores condições de vida no

Matérias relacionadas

Ícones dos anos 1990: Porsche 911 993

Marco Antônio Oliveira

Como os supercarros que a Audi nunca fez deram origem ao motor W12 e ao Bugatti Veyron

Leonardo Contesini

A história do designer italiano Marcello Gandini, contada através de seus carros – parte 1

Dalmo Hernandes