A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Games

Twisted Metal 4: combate veicular e nostalgia | FlatOut Retro Review

Certos gêneros de games são pilares da indústria e nunca morrerão – jogos de luta, RPGs, games de corrida. Mas outros, que podem ser mais definidos mais claramente como subgêneros, têm seu momento e depois meio que desaparecem. Um destes subgêneros é o de combate veicular: você controla um carro, sim, mas não em uma pista de corrida, mas em uma arena. E o seu objetivo é usar armas e estratégia para acabar com todos os outros que estão no campo de batalha. Não se vê mais bons jogos assim desde meados dos anos 2000. Meu primeiro contato com os games de combate veicular foi com Twisted Metal 4, que vinha em um daqueles CD's "3 in 1" que, por aqui, eram vendidos em bancas de jornal, lojas de brinquedos e feirinhas ao ar livre – bons tempos, aliás. E, como geralmente acontece, TM4 acabou se tornando meu título favorito do gênero, capaz de evocar memórias deliciosamente nostálgicas. E, afinal, não é este o ponto de todo Retro Review aqui no FlatOut? A franquia Twisted Metal começou

Matérias relacionadas

A evolução dos games de corrida, parte 2: a era de ouro dos arcades e a chegada dos consoles

Dalmo Hernandes

De Chequered Flag a Project CARS: a evolução dos simuladores de corrida

Dalmo Hernandes

20 anos do playstation: meus 8 jogos favoritos

Dalmo Hernandes