FlatOut!
Image default
Zero a 300

Volkswagen Gol pode virar SUV com base do Polo em 2023, Salão de Nova York 2021 é cancelado por conta da pandemia, Dodge terá seu primeiro híbrido em 2022 e mais


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Volkswagen Gol pode virar SUV com base do Polo em 2023

O futuro do Volkswagen Gol, que um dia já foi o carro mais vendido do Brasil, está começando a ficar mais claro. Segundo os colegas do Mobiauto, a Volkswagen retomou o desenvolvimento do projeto A0 SUV, anunciado internamente no fim de 2019 e interrompido por conta da pandemia.

Inicialmente previsto para 2022, o modelo foi inicialmente pensado para substituir o Gol com um SUV acessível e moderno, de porte semelhante ao do próprio Gol, porém suspensão elevada e todo o tratamento comum aos crossovers. Contudo, a mudança de planos por causa da crise acabou alterando os planos: a Volkswagen decidiu criar uma versão mais simples do Polo, chamada Polo Track, para substituir o Gol – sem o facelift aplicado ao restante da linha Polo. E o projeto A0, que recebeu o código VW246, será o novo SUV de entrada da Volkswagen no Brasil.

Ainda sabe-se pouco a seu respeito, mas acredita-se que ele ficará posicionado abaixo dos SUVs T-Cross e Nivus, porém acima do Polo – o que coloca seu preço na faixa dos R$ 100.000, caso tudo se confirme. No visual, espera-se que ele tenha elementos do Golf de oitava geração, e também dos modelos elétricos da linha I.D. Além disso, o motor 1.0 aspirado de 84 cv usado no Gol deverá ser substituído pelo 1.0 turbo três-cilindros já conhecido da marca, com configurações de 105 cv e 128 cv.

A Volkswagen, evidentemente, nega-se a dar mais informações sobre o A0 SUV, mas não deve levar muito mais tempo para que novas informações sejam reveladas, mesmo que extra-oficialmente.

 

Salão de Nova York de 2021 é cancelado por nova variante do coronavírus

A organização do Salão de Nova York anunciaram nesta semana que o evento não será realizado em 2021. Originalmente adiado para o mês de agosto, o evento agora foi cancelado de vez por conta da nova variante Delta do coronavírus, que levou as autoridades a anunciarem mais restrições para tentar reduzir os contágios da doença. Agora, a próxima edição acontecerá no segundo trimestre de 2022.

Uma série de carros estava prevista para estrear no Salão de Nova York neste mês, incluindo o novo Nissan Z, o Subaru WRX 2022 e o Jeep Grand Cherokee híbrido plug-in. Ainda não há uma posição das fabricantes a respeito dos lançamentos, mas o mais provável é que eles ganhem eventos próprios e apresentações online.

 

Primeiro Dodge híbrido plug-in será lançado em 2022

 

A Dodge já anunciou seu primeiro muscle car elétrico – ou melhor, eMuscle – e Tim Kuniskis, o CEO da fabricante, garante que está empolgado com esse futuro. Mas ainda vai demorar algum tempo, pois o carro está previsto para 2024.

A eletrificação da Dodge, porém, vai começar antes: em 2022 a marca terá seu primeiro modelo híbrido, como foi revelado na recente apresentação interna da Stellantis que também traçou o futuro de Lancia, Alfa Romeo e DS.

Agora, se você está esperando algo nas linhas de um Charger ou Challenger híbrido, saiba que as chances não são muito altas. Mais provável, segundo a imprensa americana, é que o tal Dodge híbrido seja um modelo totalmente novo – possivelmente baseado no Alfa Romeo Tonale, que também chegará no ano que vem com um conjunto híbrido plug-in.

Os rumores também dizem que o novo Dodge híbrido será chamado Hornet, um nome que já foi usado antes em um hot hatch conceitual e que teve o registro renovado recentemente junto às autoridades dos Estados Unidos.

 

Lamborghini colocará protótipo na categoria LMDh em 2024

Enquanto todos se voltam para a Le Mans Hypercars, outra categoria de protótipos também merece sua atenção – a LMDh, classe de topo da IMSA (International Motor Sports Association), que tem corridas disputadas principalmente nos Estados Unidos.

Porsche e Audi já confirmaram que colocarão seus protótipos para competir na LMDh já em 2023, usando o mesmo projeto – uma arquitetura chamada Multimatic, com motor V8 biturbo e tecnologia híbrida. E agora a Lamborghini anuncia que também terá sua versão do programa, porém com previsão de estreia para 2024.

Será interessante ver o que a Lamborghini vai aprontar – até porque as IMSA permite que os Hypercars corram lado a lado com os LMDh, o que significa que potencialmente teremos mais de 20 protótipos diferentes se degladiando sobre o asfalto. Vai ser no mínimo interessante.

 

Morgan Plus Four CX-T é o novo esportivo off-road da marca britânica

Mais famosa pelo Three-Wheeler, seu roadster de três rodas com motor de moto, a Morgan também fabrica o Plus Four – roadster retrô de quatro rodas que tem uma proposta mais tradicional, porém igualmente interessante. E agora ele ganhou uma versão off-road ainda mais bacana.

O chamado Morgan Plus Four CX-T traz tudo o que um carro precisa para encarar aventuras sobre estradas de chão batido – suspensão elevada, pneus de uso misto, faróis auxiliares acima do para-brisa, para-barros e gaiola de proteção externa com capacidade para acomodar dois estepes na traseira.

A suspensão reforçada aumenta a distância em relação ao solo de 120 mm para 230 mm – quase o dobro – auxiliada por pneus de perfil bem mais alto. Já o motor é o mesmo do roadster comum: um quatro-cilindros turbo BMW de dois litros com 258 cv e 35,6 kgfm de torque. O que muda é que o carro traz o sistema xDrive de tração integral em vez de mover apenas as rodas traseiras. O câmbio é manual de seis marchas, como deve ser.

Serão feitos apenas oito exemplars do Morgan Plus Four CX-T, dos quais cinco já estão reservados. Cada um deles custará £200.000, o que dá cerca de R$ 1,5 milhão em conversão direta (agosto de 2021).

 

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora