A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

10 carros de rua com motor de Fórmula 1

A Fórmula 1 é uma categoria que sempre foi o pináculo da tecnologia em automóvel. Embora alguns críticos reclamem que suas regras tenham lentamente retirado sua relevância em relação aos carros de rua, não há como negar que a tecnologia empregada em seus carros é inigualável, em qualquer época que se analise. Um exemplo fácil: potências específicas de 100cv/litro hoje são corriqueiras em carros de rua, mas nas competições de Grand Prix (a F1 de antes da segunda guerra) existem desde os anos 1930. Mas os críticos tenham razão numa coisa: não existem mais motores de rua na F1. Como veremos mais adiante, em grande parte da história da categoria, alguns projetistas mais ousados usaram motores de F1 para seus carros de rua; outras vezes a F1 usou motores de rua como base para seus carros de corrida. Mas desde os anos 1990, esta prática desapareceu por completo. No grande esquema das coisas, a separação entre os carros de corrida e de rua é algo inevitável: o uso exclusivo em p

Matérias relacionadas

Ferrari 640: quando a Fórmula 1 abandonou o pedal de embreagem

Dalmo Hernandes

Venturi Atlantique: o belo (e fracassado) esportivo francês de fibra de vidro com motor de DeLorean

Dalmo Hernandes

30 anos da TechArt: a história de uma das mais ousadas preparadoras de Porsche do planeta

Dalmo Hernandes