A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Carros Antigos FlatOut Revival História

A improvável origem do nome Countach

Desde 1966, quando Ferruccio Lamborghini batizou seu novo esportivo de motor central-traseiro com o nome dos touros de Don Eduardo Miura, todos os carros de sua fábrica seguiram a tradição da nomenclatura taurina. Quer dizer... quase todos. Nenhum touro jamais foi batizado de LM-002 ou Countach. Estes dois quebraram a tradição, mas têm bons argumentos para isso. O LM002 acabou com um nome codificado devido à sua origem militar. Nos anos 1970 a Lamborghini desenvolveu um protótipo de utilitário militar para tentar vender o projeto sob encomenda a empresas de prospecção de petróleo no Oriente Médio e, claro, a forças armadas nacionais. O primeiro protótipo se chamava Lamborghini Cheetah, mas os demais adotaram uma designação técnica mais lógica: como o projeto foi batizado de Lamborghini Militaria, os nomes adotaram a sigla LM seguida do número do projeto pela ordem de desenvolvimento. Assim nasceram os LM001, LM002, LM003 e LM004. Já o Countach tem uma origem controversa e

Matérias relacionadas

Sob pressão: a história do motor turbo

Leonardo Contesini

Il Commendatore: a trajetória de Enzo Ferrari, dos Grand Prix aos carros mais rápidos do mundo – Parte 6

Dalmo Hernandes

“Narcos” sobre rodas: a coleção de automóveis e os carros de corrida de Pablo Escobar

Dalmo Hernandes