A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

O lado B da Alemanha: a história da Bitter Cars

No acervo do FlatOut (mais de 11 mil matérias em sete anos!) temos algumas matérias especiais sobre os carros de países que não são exatamente conhecidos por sua indústria automobilística, como o Irã, a antiga Iugoslávia e a Polônia, na série "Lasanhas sem Fronteiras". Mas existe o outro lado da moeda: as fabricantes desconhecidas ou fracassadas de países com forte tradição em carros, como Alemanha, Itália, França, EUA e Japão. E é exatamente destas fabricantes que vamos falar nessa nova série: o "lado B" da indústria automobilística. Fabricantes que podem até, em alguns casos, ter uma longa história, mas que por uma razão ou outra jamais decolaram em popularidade ou ficaram famosas – tornaram-se nomes obscuros, notas de rodapé na história do automóvel. Começando agora, com uma desconhecida fabricante alemã: a Bitter Cars. Coisas interessantes podem acontecer depois de conflitos e rupturas. Em 1961, um grupo de engenheiros rebelou-se contra Enzo Ferrari – que, sem pe

Matérias relacionadas

Ferrari Pinin, o sedã de Maranello que jamais foi produzido em série

Dalmo Hernandes

La Carrera Panamericana: a história da maior corrida de automóveis da América Latina

Dalmo Hernandes

Desde 1942: este é o Fusca mais antigo em circulação no planeta

Dalmo Hernandes