A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Mercado e Indústria

Cinco SUVs que eu teria (se fosse obrigado a comprar um)

A Toyota cedeu e confirmou nesta semana que o Etios, seu modelo de entrada, deixará de ser vendido no Brasil em abril. Ele continuará sendo produzido em Sorocaba (SP) para atender à demanda dos países vizinhos, mas a prioridade na fábrica interiorana será o novo Corolla Cross – um SUV feito sob medida para encarar o Jeep Compass. São dois segmentos distintos (e distantes) mas, em última instância, é isso: menos um carro, mais um SUV. A princípio a Toyota deve cuidar para que o novo crossover não canibalize vendas do Corolla, mas apostamos que eles não estão tão incomodados assim com esta possibilidade. Ao contrário. E este é só um dos vários exemplos recentes – Honda HR-V e Volkswagen T-Cross já se mostram mais populares que Civic e Jetta e a Renault faz muito mais sucesso com o Duster que com o Fluence, extinto no fim de 2017 sem deixar sucessor. Nos EUA, a Ford já não vende mais nada que não seja um SUV, uma picape ou um Mustang, e a divisão brasileira parece disposta a seguir

Matérias relacionadas

A história da Karmann: muito além do Karmann-Ghia

Dalmo Hernandes

Carrera GT: o antecessor do Porsche 918 Spyder ainda é um carro fodástico – mesmo uma década depois

Dalmo Hernandes

Südschleife: uma caminhada solitária nas ruínas do irmão esquecido do Nordschleife em Nürburgring

Juliano Barata