A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Como o Mustang ganhou o design que conhecemos hoje?

O publicitário Washington Olivetto (aparentemente um grande admirador de Porsches) disse certa vez que a uma grande ideia sempre é fruto de uma única mente. Apesar de as agências de publicidade trabalharem com duplas de criação e o brainstorming ter sido glamourizado por muito tempo, a grande ideia é sempre fruto de uma única mente. Ele se referia à criação publicitária, área que valorizou as grandes ideias como poucas outras, mas a premissa é válida para qualquer atividade criativa. Como desenhar e projetar carros. Tal como a publicidade, os automóveis são desenvolvidos por grandes equipes. Um grupo de designers, um grupo de engenheiros disso, engenheiros daquilo, gente de marketing, o pessoal que conta feijões e até Victoria Beckham em alguns casos. Cada um tem sua contribuição, mas a ideia seminal sempre parte de uma única sugestão, um insight pessoal. Com o Mustang foi assim: John Najjar era o chefe de design e, por uma questão de hierarquia, co-autor do projeto, mas prati

Matérias relacionadas

Fiat Multipla: simplesmente feio ou genial e incompreendido?

Dalmo Hernandes

Faszination Nürburgring, completo: vinte minutos de insanidade ao volante do Ruf CTR “Yellowbird”

Dalmo Hernandes

Teimoso: quando o Renault Gordini rodou 51.000 km por 22 dias seguidos em Interlagos

Dalmo Hernandes