A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Carros Antigos Pensatas

Couro automotivo: dos sintéticos camuflados ao saudoso Connolly Leather

A janela da Ferrari 512 Testarossa estava aberta. Um convite irresistível para fotografar os detalhes daquele interior todo forrado em couro no tom crema, que ainda trazia um jogo de malas originais Ferrari instaladas atrás dos bancos. No instante que me posicionei para dentro da cabine, fui enfeitiçado pelo perfume adocicado do legítimo couro Connolly e a visão de sua textura delicada, com grãos pequenos e uniformes e um toque surreal, refletindo os raios alaranjados daquele fim de tarde em Araxá. Já faz 16 anos que a Connolly Leather Limited não existe mais. Uma aposta arrojada de expansão no mercado norte-americano trouxe o seu colapso econômico. E assim, Aston Martin, Rolls Royce, Bentley, Maserati, o Parlamento do Reino Unido e muitos jatos particulares e iates de nobres mundo afora perderam o seu mais especial fornecedor de couros – a Connolly era uma marca tão valiosa que era citada pelos seus client

Matérias relacionadas

A estranha história da concessionária Lada “abandonada” na França

Dalmo Hernandes

Renault Sherpa Light: o Hummer francês que chegou ao Brasil

Dalmo Hernandes

Kozmo: este cara está fazendo o esportivo dos seus sonhos de infância em uma garagem na Polônia

Dalmo Hernandes