A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Trânsito & Infraestrutura

É verdade que os radares têm uma margem de tolerância de velocidade?

É claro que você já topou com esta situação. Você está na estrada, dirigindo tranquilo, perto do limite de velocidade, quando o carro da frente monta no freio porque viu um radar. Ele nem estava acima do limite, mas deu aquela freada só para garantir que não seria multado — provavelmente porque não sabe que o radar tem uma "tolerância" de velocidade. Ou até sabe, mas não sabe quanto é essa tolerância. Antes da criação dos radares, a fiscalização de velocidade era feita com um olho no carro e outro no cronômetro. O agente marcava dois pontos de referência, media a distância entre eles e contava o tempo que o carro levava para percorrer essa distância. Por exemplo: com limite de 100 km/h, um intervalo de 100 metros poderia ser percorrido em, no máximo, 3,6 segundos. Se passasse em 3,5 segundos ou menos, o agente abordava o motorista e o multava. Só

Matérias relacionadas

Você sabia que “Velozes e Furiosos” é um filme de 1955?

Leonardo Contesini

Estes são os melhores anúncios em vídeo para carros antigos que já vimos

Dalmo Hernandes

Já imaginou como seria usar um McLaren F1 para ir ao trabalho? Esse cara mostra como é

Leonardo Contesini