FlatOut!
Image default
Automobilismo Pensatas

Existiu mesmo uma “era de ouro da Fórmula 1”?


Dizem que, em 1958, quando Stirling Moss entregou o título de pilotos a Mike Hawthorn por uma questão de valores morais e cavalheirismo, os críticos de Hawthorn correram para a internet, enchendo as redes sociais de mensagens coléricas sobre a legitimidade do título. Afinal, Hawthorn teria sido desclassificado se não fosse o testemunho de Moss. Em 1984, quando Jacky Ickx encerrou o GP de Mônaco para supostamente beneficiar Alain Prost — só porque os belgas também falam um pouco de francês —, o Facebook no outro dia ficou insuportável. Era va te faire enculer pra um lado, vaffanculo para o outro, "Jacky Ickx ladrão pega o do Prost na mão" vindo do Brasil. Uma baixaria completa. Há quem duvide da veracidade destas histórias, mas elas ilustram que mesmo no passado a direção de prova cometia erros e algumas