A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História WTF? Zero a 300

Fiat 500 Topolino Quad Al: 112 litros, 48 cilindros e 12.000 cv no dragster mais insano do planeta

Ao bater os olhos pela primeira vez na foto acima, talvez você tenha se pensado "mas se isto é um carro, onde vai o piloto?" Depois de alguns instantes é que se percebe que o piloto fica ali atrás, escondidinho atrás dos motores. Que são quatro. Quatro motores V12, totalizando 48 cilindros. E não são motores V12 comuns, e sim aeronáuticos, com deslocamento de pelo menos 28 litros cada um. E estes quatro motores V12 que, somados, deslocam nada menos que 112 litros, estão instalados em um carro que um dia foi um simpático Fiat 500 "Topolino". A ideia que todo mundo tem quando se fala em "Fiat 500 clássico" é a do modelo lançado em 1957 na Itália. O pequeno sedã dois-volumes (não, ele não era um hatchback) foi vendido na Europa por quase vinte anos, saindo de linha em 1975, e em 2007 foi a inspiração do Fiat 500 (este sim um hatchback) que é vendido até hoje. No entanto, nem todo mundo lembra que o nome original do Fiat 500 de 1957 era Nuova 500

Matérias relacionadas

Volkswagen já tem prazo para o fim dos motores a combustão, Hilux Gazoo Racing é picape média mais cara do Brasil,  Porsche quer chegar a 6:30 em Nürburgring, Polo TSI ganha versão PCD e mais!

Leonardo Contesini

Este Kadett 2.4 está prontinho para track days e para as ruas – e está à venda, claro

Dalmo Hernandes

Separados no nascimento: cinco famílias de motores que se transformaram em rivais – diretas e indiretas

Leonardo Contesini