A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Gran Turismo 7 anunciado, Cayenne GTS chega com V8 de 460 cv, o adeus a Hans Mezger e mais

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Sony anuncia Gran Turismo 7 para o PlayStation 5 – veja o trailer

A Sony enfim revelou ontem (11) o PlayStation 5, seu console para a nona geração, durante o evento virtual Future of Gaming. E entre os mais de 20 títulos anunciados para o novo videogame está o aguardado Gran Turismo 7, com direito a um trailer de mais de 20 minutos.

A boa notícia é que aparentemente Kazunori Yamauchi e a Polyphony Digital decidiram dar uma pegada mais clássica para Gran Turismo 7 – algo que vem sendo pedido incansavelmente pelos fãs desde que Gran Turismo Sport foi lançado, em 2017. Além de imagens dinâmicas, feitas para demonstrar o poderio do PlayStation 5, o trailer mostra alguns minutos de gameplay.

 

Primeiro, ao que tudo indica, o modo carreira (ou melhor, Simulation Mode) está de volta, com licenças para tirar, carros para comprar e foco em sua evolução como piloto virtual, comprando carros e ganhando créditos. Certamente haverá um modo para disputar corridas online, mas parece que ele não será a base do jogo como é em Gran Turismo Sport.

Segundo: a volta de circuitos clássicos. No trailer, há um breve gameplay de uma corrida no icônico circuito de Trial Mountain – e o visual é nada menos que espetacular no PlayStation 5, principalmente os efeitos de luz, que no novo console serão mais sofisticados ao empregar o ray tracing, técnica que permite renderizar em tempo real efeitos de luz e reflexo. Se [Trial Mountain está presente, certamente podemos contar High Speed Ring, Grand Valley, Special Stage Route 5 e outras pistas emblemáticas da franquia em Gran Turismo 5.

Qual é a má notícia? Bem, a Sony não deu qualquer previsão de lançamento para Gran Turismo 7. O que significa que pode demorar bastante – o que não é nenhuma surpresa vindo da Polyphony, que é famosa por atrasos e adiamentos. E, quanto mais tempo levar para o game chegar, menores as chances de ele ser lançado também para o PS4. É melhor irmos nos acostumando com o fato de não existir nenhum título numerado de Gran Turismo no PlayStation 4.

Por outro lado, a Sony e a Polyphony Digital deverão manter as atualizações de GTSport por mais algum tempo. Agora que sabemos que eles estão trabalhando em versões atualizadas de suas pistas clássicas, é pedir muito que elas sejam oferecidas em algum update no futuro? (Dalmo Hernandes)

 

Porsche Cayenne GTS é revelado com motor V8 biturbo

Nesta semana de novidades quentes, a Porsche enfim apresentou o novo Cayenne GTS – o membro que faltava na terceira geração do SUV. A variante com pegada mais esportiva será disponibilizada tanto para o Cayenne Coupe quanto para o modelo de carroceria tradicional.

Agora temos a versão oficial das imagens vazadas – que mostram um Cayenne mais agressivo, com molduras nos para-lamas (que podem ser pretas ou pintadas na mesma cor da carroceria) e entradas de ar maiores, além de suspensão visivelmente mais baixa e rodas de 21 polegadas com desenho exclusivo. E as informações oficiais não decepcionam: quem sentiu falta de dois cilindros no GTS anterior pode comemorar: o V6 biturbo de 3,6 litros dará lugar a um V8 biturbo de quatro litros. E a potência sobe de 440 cv para 460 cv, enquanto o torque vai de 61,2 kgfm para 63,3 kgfm. Downsizing? Aqui não!

O câmbio é o PDK da Porsche, de dupla embreagem e oito marchas, e leva a força para as quatro rodas.

A Porsche afirma que ambas as versões do Cayenne GTS serão capazes de ir de zero a 100 km/h em 4,2 segundos com o pacote Sport Chrono, que é de série no GTS Coupé e opcional no GTS “não-coupé”. Sem ele, o utilitário esportivo vai de zero a 100 km/h em 4,5 segundos. A velocidade máxima será sempre de 270 km/h.

Outros detalhes exclusivos do GTS são o sistema de escape com ponteira dupla centralizada, como no Porsche 718 Cayman GT4; um novo difusor traseiro de aspecto mais agressivo; cabine com revestimento de Alcantara preta e detalhes em alumínio escurecido escovado no painel; e acabamento preto brilhante em peças como as molduras das janelas e emblemas.

O Cayenne GTS será lançado ainda em 2020 na Europa e nos EUA e, considerando os prazos que a Porsche segue com seus modelos, deverá pintar no Brasil no começo de 2021. (Dalmo Hernandes)

 

Morreu Hans Mezger, lendário engenheiro da Porsche, aos 90 anos

Nem todas as notícias são boas, porém. Na última quarta-feira (10) morreu Hans Mezger, um dos engenheiros automotivos mais importantes do último século – ele participou de praticamente todas as conquistas da Porsche no automobilismo e também foi uma figura crucial no desenvolvimento de seus carros de rua.

Nascido em 1929 em uma vila próxima a Stuttgart, ele começou a trabalhar para a Porsche em 1956, com apenas 27 anos de idade, e só veio a se aposentar em 1994. Mezger participou do programa da Porsche na Fórmula 1 em 1960, foi o chefe da equipe de desenvolvimento do Porsche 917 – tanto a carroceria quanto o motor flat-12, criou o motor flat-six do primeiro Porsche 911 e supervisionou o desenvolvimento de todos os motores do nine-eleven até a geração 996, a primeira arrefecida a água. Tanto que, quando se fala em “motor Mezger”, geralmente o motor em questão é o que equipou as versões GT3, GT2 e Turbo do 996 – mesmo que eles tenham sido lançados depois que Mezger se aposentou.

Hans Mezger também foi um dos defensores do uso dos turbos no 911, motivado pelo emprego deles no 917 Can-Am. Mas, surpreendentemente, o próprio Mezger dizia que seu projeto favorito era o V6 encomendado pela McLaren na década de 1980. Batizado TAG Porsche, o motor ajudou Niki Lauda a conquistar seu título de 1984 e Alain Prost a levantar a taça em 1985 e 1986.

Reconhecendo a contribuição de Mezger para a Porsche no automobilismo, a fabricante deixou que o chefe de pesquisa e desenvolvimento e do departamento de competições da fabricante, Michael Steiner, se pronunciasse. “Agradecemos a Hans Mezger por seus feitos extraordinários de engenharia, no automobilismo em geral e especialmente na Porsche”, disse Steiner. “Suas inovações para nossos esportivos serão lembradas para sempre.” (Dalmo Hernandes)

 

Mercado de automóveis pode diminuir 40% neste ano

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou recentemente a previsão de redução de 40% no volume de vendas de automóveis em relação ao ano passado. Caso o número se confirme, serão apenas 1.675.000 emplacamentos, o pior desempenho de vendas desde 2004. Antes da pandemia do coronavírus, a estimativa era de 3.000.000 de emplacamentos para 2020.

Ainda de acordo com a Anfavea, se esta previsão se concretizar, a recuperação poderá levar entre três e quatro anos para retornar ao patamar inicialmente previsto para 2020. A entidade afirmou espera ações do governo na área econômica para minimizar o impacto na indústria, que pode levar a demissões devido à ociosidade da indústria.

Além de incentivos econômicos, a Anfavea espera a aprovação de uma medida provisória que permitirá aumentar o tempo de suspensão dos contratos, situação que garante uma renda mínima e o emprego dos funcionários, e uma alternativa mais equilibrada que a demissão. (Leo Contesini)

 

Volkswagen confirma nova geração da Amarok em parceria com a Ford – produção será na África do Sul

Há pouco mais de dois meses noticiamos aqui mesmo no Zero a 300 que a nova geração da Amarok estava comprometida devido às mudanças de plano da Volkswagen em produzir a nova picape na Argentina. Isso, porque a nova geração será desenvolvida juntamente da Ford Ranger e as duas picapes seriam produzidas na fábrica da Ford em General Pacheco.

A Volkswagen, contudo, revisou seus planos devido à situação econômica da Argentina, que deverá se agravar nos próximos anos devido à conjuntura política e à pandemia do coronavírus, e desistiu de produzir a nova geração da picape no país. Isso inviabilizaria a produção da Ranger e colocaria a Ford em maus lençóis no país vizinho, porque com o fim do Focus, a Ford dependeria do volume de produção da Ranger e da Amarok para evitar a ociosidade da fábrica.

Contudo, a Volkswagen anunciou nesta semana que as picapes serão produzidas na África do Sul e exportadas para os demais mercados em que ela será oferecida — o Brasil e América Latina, inclusive. Isso não ajuda a situação da Ford na Argentina. Apesar de ainda estar estudando a viabilidade da produção, existe a possibilidade do encerramento da operação em General Pacheco como fez com a fábrica de São Bernardo do Campo. Não apenas pela situação econômica local, mas também porque a fábrica argentina abastece o mercado brasileiro, onde o cenário também não é dos melhores.

Como dissemos recentemente em dois posts, a situação da indústria local é preocupante e desanimadora, e revertê-la não depende apenas das fabricantes. (Leo Contesini)

Matérias relacionadas

BMW M3 poderá virar híbrido, redução de acidentes nas Marginais de SP, Porsche de McQueen vendido e mais!

Leonardo Contesini

Pajero Evolution: o especial de homologação esquecido da Mitsubishi

Dalmo Hernandes

O TVR Griffith está de volta, com motor V8 Cosworth de 500 cv, efeito solo e design matador

Dalmo Hernandes