A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Ícones dos anos 1990: Mercedes-Benz 500E

Existem certos carros que são mais que apenas carros: são marcos na história de fabricantes, verdadeiros símbolos de uma mudança de curso profunda. É o caso do Mercedes-Benz 500E, aparentemente apenas mais um modelo dos classe E, principalmente visto com a perspectiva de hoje, onde 322 hp não parecem nada incríveis. Mas na verdade é um ponto de inflexão na história da marca de Stuttgart, um carro que mudaria o curso de seu futuro. E um com uma complexa história, que para ser compreendida, precisa ser dividida em todas as suas vertentes genéticas. Mercedes-Benz Tradicionalmente um Mercedes-Benz era tudo, menos esportivo. A Daimler-Benz era a junção da Daimler e da Benz, as duas empresas que criaram os primeiros automóveis com motor a combustão interna, e desde então se orgulhava de ser a mais avançada delas. Era uma empresa de engenheiros, não de administradores, marketeiros ou, Deus a livre, de vendedores de automóveis. Orgulhava-se de seu pragmatismo, sua seriedade e sua dedicaç

Matérias relacionadas

Sobre o carro autônomo da Uber que matou a pedestre: eis os detalhes – e nossa opinião a respeito

Leonardo Contesini

Este BMW Z4 com motor V10 Dodge é o carro que queremos dirigir agora

Dalmo Hernandes

Rodas de liga leve: qual foi o primeiro carro equipado com elas?

Dalmo Hernandes