A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Koenigsegg diz que pode fazer volta em Nürburgring em 6:40, Dodge revela dados de desempenho do Demon, Range Rover Velar já está no configurador brasileiro e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Koenigsegg diz que Agera One:1 pode virar Nürburgring em 6:40

koenigsegg_agera_one-1_06

Enquanto o mundo discute o recorde do Lamborghini Huracán Performante em Nürburgring, Christian von Koenigsegg decidiu colocar mais uma boa dose de polêmica no assunto. Em entrevista ao Top Gear durante o Salão de Genebra, Koenigsegg disse acreditar que seu hipercarro é capaz de completar a volta em Nürburgring Nordschleife em 6:40. Sim: seis minutos e quarenta segundos – doze segundos a menos que o Lambo.

Segundo o fabricante sueco, durante os treinos para a tentativa de recorde o One:1 já havia feito uma série de voltas abaixo dos sete minutos. “Todos que pilotaram o carro disseram que apertando o ritmo e chegando ao limite, teríamos uma volta de 6:40”, disse. “Mas então tivemos aquela falha estúpida no ABS e nunca conseguimos provar. Nas voltas de treino sequer liberamos a potência máxima; o carro estava limitado a 900 cv, ou seja, tinha 460 cv a menos. Mas isso só tira 3 ou 4 segundos por volta”.

koenigsegg_agera_one-1_04_0

Sobre a possibilidade de voltar a Nürburgring para tentar o recorde mais uma vez, Koenigsegg disse que ainda pretende fazer isso, mas há uma série de questões a serem resolvidas antes. Entre elas está o carro a ser usado. O modelo acidentado há alguns meses pertence a um amigo de Christian von Koenigsegg e ainda está sendo reparado. Além disso, diferentemente dos grandes fabricantes, a Koenigsegg não tem uma frota de protótipos. Há apenas um, e ele já foi vendido.

 

Dodge pode ter revelado dados de desempenho do Demon (e talvez até sua potência)

As novidades de Genebra deram um jeito de manter o Dodge Demon longe das notícias por alguns dias, mas chegamos novamente à quinta-feira e, como você sabe, isso significa que é dia de mais um teaser do próximo super muscle car da fabricante americana.

Desta vez eles foram mais pragmáticos e não fizeram muita questão de esconder informações. O vídeo desta semana apresenta o Dodge Performance Pages, que é basicamente um aplicativo integrado à central multimídia do carro, capaz de registrar dados de desempenho do carro, além de controlar alguns sistemas eletrônicos do modelo.

Ao apresentar o sistema, contudo, a Dodge parece ter usado dados reais do carro. A tela abaixo, tirada do vídeo, mostra uma aceleração de zero a 100 km/h em três segundos e de zero a 160 km/h em 6,8 segundos. Também há tempos de oitavo-de-milha (201 metros) e quarto-de-milha: 6,6 segundos e 10,5 segundos respectivamente. As velocidades apontadas é que não fazem muito sentido: se a aceleração de zero a 160 km/h leva 6,8 segundos, como ele pode chegar a 125 mph (201,7 km/h) em 6,6 segundos? Além disso, se o carro acelera a 201 km/h em 201 metros, em 400 metros ele chegaria muito além dos 207 km/h apontados na tela (129 mph).

TelaPower

O Performance Pages também mostra uma curva de torque e potência medidas pelo sistema (com base em acelerômetros e sensores integrados), com um pico na casa dos 750 hp e pouco mais de 700 lb ft. Isso não significa que esta seja a potência máxima do carro; pode ser apenas uma arrancada que usou 750 hp do motor V8. A hora e a temperatura à direita, contudo, nos parecem indicar a potência e o torque: 757 hp e 710 lb ft, o que resulta em 767 cv e 97,9 mkgf. Considerando que se trata de um data logger integrado, esta certamente é a potência nas rodas — o que resulta em cerca de 900 cv no motor (bhp) considerando os tradicionais (porém não muito precisos) 15% de perda mecânica.

 

Captura de Tela 2017-03-09 às 12.49.52

Mas ainda há outra dúvida: mais adiante o vídeo mostra que o Demon terá três modos de condução: Drag, Custom e Auto. Em cada um deles a potência exibida varia: XXX no primeiro, XYZ no segundo e YYY no terceiro. É possível que 757 cv seja a potência no virabrequim (bhp) no modo mais comportado (Auto) e que o modo drag tenha um mapeamento mais hardcore para produzir um caminhão de potência. Aliás, o vídeo também mostra que os modos irão atuar sobre os amortecedores adaptativos, sobre o diferencial blocante eletrônico e nos tempos de troca da transmissão.

Por último, ele terá um sistema de resfriamento rápido para o motor e o compressor, batizado “Quick Cooldown”. Aparentemente ele usará um trocador de calor do sistema de ar-condicionado para auxiliar o arrefecimento em um curto espaço de tempo. A dica está no controle “climate” exibido na tela do Quick Cooldown.

A sequência de teasers pode ser um tanto maçante em alguns momentos, mas ela realmente está nos deixando cada vez mais curiosos sobre o carro.

 

Range Rover Velar já pode ser configurado no site brasileiro da Land Rover

Captura de Tela 2017-03-09 às 13.24.36

O novo Range Rover Velar mal foi apresentado ao público no Salão de Genebra e já está disponível para configuração no site brasileiro da Land Rover. Ainda não há detalhes sobre os preços ou início das vendas, mas o site mostra que ele será trazido em três versões e três opções de motorização para formar sete configurações diferentes.

Captura de Tela 2017-03-09 às 13.25.21

A versão de entrada será batizada somente Range Rover Velar. Ela será oferecida com o motor Ingenium 2.0 turbodiesel de 180 cv, com o 2.0 turbo a gasolina de 250 cv ou com o V6 supercharged de 380 cv a gasolina. A versão intermediária R-Dynamic será oferecida com as mesmas opções de motorização e configuração de equipamentos idêntica, mudando apenas alguns elementos estéticos como detalhes no para-choque, respiros no capô e nas laterais em cobre polido, emblema no capô, inscrição na tampa traseira  grade dianteira “Shadow Atlas”, paddle-shifts em Satin Chrome e pedais de metal brilhante.

Captura de Tela 2017-03-09 às 13.25.46

No topo da linha estará o Range Rover Velar First Edition, que será oferecido apenas com o motor 3.0 V6 supercharged de 380 cv. Ele é baseado no R-Dynamic, tendo o mesmo pacote estético, porém terá equipamentos exclusivos da versão como  assistente de pontos cegos, retrovisores externos com aquecimento e função antiofuscante, para-brisa aquecido, discos de freio maiores, cruise control adaptativo com frenagem automática, head-up display, assistente de estacionamento, suspensão a ar, ajuste elétrico da coluna de direção, iluminação interna configurável e acabamento cromado no painel de instrumentos.

Os preços não foram revelados, mas nossa aposta é que a versão de entrada chegue na casa dos R$ 280.000.

 

Volkswagen apresenta novo Golf TCR de pista

GOLF_TCR_2017_FRONT

Apesar de ter abandonado o WRC em seu auge, a Volkswagen continuará seu programa de automobilismo fornecendo carros para equipes independentes. Prova disso é o novo Golf GTI TCR, desenvolvido de acordo com as regulamentações da FIA para carros de Turismo.

Autodesk VRED Professional 2017 SP1

O modelo usa o conhecido 2.0 turbo de quatro cilindros da Volkswagen, mas sem a necessidade de controle estrito de emissões e consumo de combustível ele pode produzir 350 cv de modo confiável para uma temporada inteira. Além do motor de corrida, ele também usa bitolas mais largas para reduzir a transferência de peso lateral, o que aumentou a largura da carroceria em 15 centímetros em relação ao Golf GTI de rua. As rodas são de 18 polegadas.

Autodesk VRED Professional 2017 SP1

Logicamente ele também usa um kit aerodinâmico que inclui splitter frontal, saias laterais e asa traseira, além de um novo capô com duto de resfriamento para os radiadores. Por dentro ele não tem acabamento algum além do painel, e no lugar dos bancos ele agora tem uma complexa gaiola homologada pela FIA.

Entre os clientes da VW estão a Team Leopard Racing e a Liqui Moly Team Engstler. Além deles, a Volkswagen pretende vender outros 30 Golf GTI TCR nesta temporada. Cada um custa nada menos que 90.000 libras (cerca de R$ 350.000).

Matérias relacionadas

McLaren volta a usar pintura laranja na F1, Ford GT terá pacote de redução de peso, Mercedes GLC 250 Coupé chega ao Brasil e mais!

Leonardo Contesini

Renault Captur nacional é lançado por R$ 79.000, Hyundai i30 N terá 275 cv, hipercarro Aston Martin terá V12 aspirado de 1.000 cv e mais!

Leonardo Contesini

Pontiac: a história da fabricante que inventou o muscle car – parte 1

Dalmo Hernandes