FlatOut!
Image default
FlatOut Classics

Lucas e seu Tempra Turbo | FlatOut Classics

O quadro FlatOut Classics se dedica ao antigomobilismo e aos neocolecionáveis (youngtimers) estrangeiros e nacionais, dos anos 20 ao começo dos anos 2000. Carros originais ou preparados ao estilo da época. São matérias especiais, feitas para serem saboreadas como as das clássicas revistas que amamos. Clique aqui para acessar o índice com todas as matérias do quadro. No fim dos anos 1980, o que fazia sucesso mesmo aqui no Brasil eram os carros ditos “médios”, os Monza, Santana e Del Rey. O Monza chegou a ser o carro mais vendido, o que é estranho por seu preço relativamente alto, mas era um reflexo da época, onde carros eram muito caros, fora das possibilidades da maioria da população, e quem podia comprá-los usualmente podia pegar algo um pouco melhor que um básico carro pequeno. Achou parecido com os dias de hoje? Pois é. O fato é que a Fiat estava num mato sem cachorro neste ponto. Seu Uno era considerado caro e sofisticado demais para competir com Chevette e Gol (Fusca