A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

O que este piloto de corridas tem em comum com o Black Sabbath?

Never Say Die!, lançado em 1978, foi o oitavo e último trabalho de estúdio da formação clássica do Black Sabbath – e, por décadas, o último com Ozzy Osbourne nos vocais. Na época e hoje em dia, o álbum é largamente considerado pela crítica uma mistura de ideias recicladas dos álbuns anteriores com inovações deslocadas e sem propósito. Claro, embora seja considerado fraco para um álbum de uma das bandas mais influentes e importantes da história, Never Say Die ainda é um registro muito bom do rock pesado setentista – e uma das várias faces que o heavy metal, seu gênero afilhado, ainda desenvolveria. Mas calma: o FlatOut ainda não virou um site de música. Mas acontece que, em Never Say Die!, uma série de fatos isolados converge – e sim, tem a ver com carros e corridas. Melhor ainda: de uma era distante na história dos automóveis e do automobilismo, na qual carros com carroceria aberta e formato de torpedo e motores de dezenas de litros eram conduzidos por pilotos que usav

Matérias relacionadas

Qual é o carro italiano mais emblemático já feito?

Dalmo Hernandes

A história do Velo Città: de uma trilha de rali à realização de um sonho

Juliano Barata

A história dos famosos e inovadores faróis Cibié

Dalmo Hernandes