FlatOut!
Image default
FlatOut Street

Pedro e seu Citroën C4 VTS Turbo | FlatOut Street


O quadro FlatOut Street se dedica aos carros preparados e customizados estrangeiros e nacionais, de todas as épocas e estilos. São matérias especiais, feitas para serem saboreadas como as das clássicas revistas que amamos. Clique aqui para ver o índice de posts. Ao contrário do que imagina a maioria das pessoas, não foi a dedicação ao novo, ao tecnologicamente complexo e diferente que fez a Citroën literalmente falir, e, com interferência do governo francês, ser comprada pela Peugeot em 1975. Não, até ali a marca era extremamente sólida, lucrativa e em franca expansão. Foi esta expansão que, levada à cabo num ponto complicado da história da indústria, que levou à esta falência. A crise do petróleo dos anos 1970 foi um fator determinante, e inesperado. A Citroën expandia para automóveis de alto preço em luxo com o SM; este carro, que tinha um motor Maserati V6, provocou a compra da Maserati pela marca Francesa em 1968. A crise do petróleo acaba afetando negativamente