A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Protótipo Bugatti é flagrado em testes, novo Porsche Cayman GT4 e Boxster Spyder no Brasil, morreu criador do Miura e mais

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Bugatti testa protótipo em Paul Ricard e divulga novo teaser

Na semana passada a Bugatti divulgou um teaser misterioso, mostrando a traseira de um suposto supercarro com lanternas traseiras enormes, quase formando um “X”. A foto vinha acompanhada da legenda “E se…?”, mostrando que certamente a Bugatti estava tramando algo.

A nova GMC Hummer EV, Governo de SP muda regras para segmento PCD, Mercedes-AMG GT pode ser novo recordista de Nürburgring e mais

Poucos dias depois, na sexta-feira (23), foram publicadas na Internet algumas fotos de um Bugatti camuflado acelerando no circuito francês de Paul Ricard. E certamente não é coincidência o fato de o carro ter exatamente as mesmas lanternas em forma de “X” – aliás, provavelmente a Bugatti tinha certeza que o veículo seria fotografado pelos paparazzi automotivos.

As fotos dão uma visão bem mais clara do Bugatti misterioso: ele tem para-lamas bastante salientes, dianteira baixa, um cockpit mais centralizado e diversos elementos aerodinâmicos complexos – incluindo a asa traseira ligada aos para-lamas, acompanhada de uma barbatana no teto. A traseira é bastante truncada, com uma superfície pequena, deixando à mostra boa parte dos pneus e o escape duplo centralizado.

No geral, as proporções lembram bastante um protótipo Le Mans – e que logo levantaram suspeitas de se tratar de um Hypercar, a fim de colocar um Bugatti no WEC quando o novo regulamento entrar em vigor. A Bugatti, porém, não comenta a respeito. E os rumores mais recentes dizem que, na verdade, o novo supercarro será um track toy altamente exclusivo, sem planos para competir no momento.

O que a Bugatti fez, porém, foi divulgar outro teaser: uma imagem com o númeo “0,67” em suas redes sociais, além de uma data: 28 de outubro. Ou seja, depois de amanhã saberemos quais são seus planos, exatamente.

 

Novos Porsche Cayman GT4 e Boxter Spyder já podem ser encomendados no Brasil

Os “baby Porsche” em suas versões mais extremas acabam de chegar ao Brasil: Cayman GT4 e Boxter Spyder, ambos equipados com um flat-six aspirado de quatro litros e 420 cv, já podem ser encomedados no Brasil.

 

A dupla não é apenas a mais potente da família, capaz de ir de zero a 100 km/h em 3,9 segundos com máxima de 301 km/h (Boxster Spyder) e 304 km/h (Cayman GT4). Os dois esportivos também usam a suspensão dianteira do Porsche 911 GT3 RS e suspensão traseira completamente nova – ao ponto de não poder ser instalada em outras versões do Cayman/Boxster – com amortecedores Bilstein ajustáveis, braços de alumínio forjado e barra estabilizadora regulável.

O Cayman custa R$ 555.000, e o Boxster sai por R$ 549.000. Ambos só podem ser equipados com o câmbio PDK de dupla embreagem e oito marchas – o câmbio manual de seis marchas não está disponível no Brasil, por enquanto.

 

Audi deve assumir controle sobre a Bentley

O site alemão Automobilwoche tem notícias importantes a respeito do Grupo Volkswagen. Já é sabido que a Volkswagen está em processo de reestruturação de algumas de suas marcas – fala-se em uma possível venda da Bugatti à Rimac, e também há boatos sobre a venda da Ducati no mês que vem.

Segundo a publicação, porém, a próxima mudança envolve Audi e Bentley: a marca alemã deve assumir o controle sobre a tradicional fabricante britânica no começo de novembro – o que, na prática, significa que os modelos da Bentley usarão plataformas, motores e tecnologia da Audi, que também supervisionará as atividades financeiras da empresa.

Automobilwoche vai além e diz que as próximas gerações dos Bentley Continental e Flying Spur – cupê e sedã, respectivamente – poderão usar a plataforma PPE (Premium Platform Electric), desenvolvida em conjunto por Audi e Porsche e usada no Taycan e no e-tron. Além disso, fala-se em um possível SUV da Bentley, posicionado abaixo do Bentayga, com plataforma Audi.

 

Morreu Itelmar Gobbi, um dos criadores do Miura

Mais uma notícia triste neste estranho ano de 2020: morreu na última sexta-feira (23), aos 83 anos de idade,  o designer Itelmar Gobbi, co-criador e designer dos Miura – que estão entre os mais conhecidos e adorados carros fora-de-série brasileiros.

A empresa foi fruto de uma parceria com o amigo Aldo Besson (falecido em 2011), que tinha uma empresa de acessórios automotivos. Os dois tiveram em 1976 a ideia de criar um esportivo nacional – e o primeiro Miura, inspirado por esportivos europeus e feito sobre o chassi da Volkswagen, foi fabricado em Porto Alegre no ano seguinte. Nos 11 anos seguintes, Gobbi foi o projetista chefe de todas as variantes do Miura, incluindo o MTS original e as versões Spider, Saga, 787, X8, Top Sport e X-11. Na década de 1980 os Miura ficaram conhecidos pelo alto nível de tecnologia, incluindo um computador de bordo com sintetizador de voz que avisava ao motorista caso precisasse soltar o freio de estacionamento, colocar combustível no tanque ou tirar a chave da ignição.

A Miura encerrou as atividades em 1992, quando a abertura das importações tornou inviável a sobrevivência das fabricantes fora-de-série. Gobbi manteve-se à frente das atividades de design e produção da empresa do início ao fim, e sem dúvida é uma perda imensa para a indústria automobilística brasileira.

 

Ferrari com motor V6 biturbo é flagrada em testes com a carroceria da 488 GTB

A Ferrari parece mesmo disposta a lançar um novo modelo de entrada, equipado com um motor V6 biturbo. Ele até já foi flagrado em testes, usando a carroceria da 488 GTB para disfarçar sua verdadeira identidade. O que não dá para esconder é o ronco do motor de seis cilindros. O carro foi filmado rodando pelo circuito de Fiorano, na Itália.

A aposta é que a Ferrari utilize o motor V6 biturbo aliado a um sistema híbrido – o que, em tese, possibilitaria a adoção da tração integral, com as rodas dianterias movidas por propulsão elétrica, da mesma forma que a SF90 Stradale.

Quem ouviu a Ferrari dizer que faria de tudo para manter vivos seus motores V12 nos próximos anos – mesmo com a previsão de que as normas para emissões na Europa ficarão ainda mais severas a partir de 2025 – pode estranhar um protótipo V6. Contudo, é justamente a oferta de modelos mais “verdes” que fará a Ferrari ganhar créditos para continuar fazendo os motores V12 aspirados. Ou ao menos é o que esperamos.

Paralelamente, há boatos de que a Ferrari pode trazer de volta a marca Dino para este novo modelo – que, afinal, terá a mesma proposta de ser um modelo de acesso para a fabricante. A Ferrari, por sua vez, diz que não pretende fazer isto.

Matérias relacionadas

Uma pequena homenagem a Herbie, o Fusca mais querido do planeta

Dalmo Hernandes

Uber, Cabify e aplicativos de transporte passam a ter novas regras a partir de quarta-feira. O que achamos disso?

Leonardo Contesini

Series 1: o primeiro carro da Shelby poderia ter sido matador… mas não foi

Dalmo Hernandes