FlatOut!
Image default
Técnica

Quais as vantagens dos motores radiais? – Entenda como eles funcionam


Hoje eles são muito diferentes, mas nos primórdios, os carros e os aviões — que têm quase a mesma idade – tinham tanto em comum a ponto de haver intercâmbio de tecnologias entre estas duas áreas da engenharia. Os motores de pistão, já usado nos automóveis desde as duas últimas décadas do século XIX, por exemplo, foram fundamentais para viabilidade da decolagem não-assistida e do voo motorizado. Mais adiante, a aviação retribuiu cedendo à indústria automobilística a sobrealimentação por compressores e os motores em V. É até curioso pensar neste intercâmbio hoje, quando carros e aviões são máquinas tão diferentes quando se fala em propulsão. Afinal, os motores de reação se tornaram o padrão na aviação moderna, enquanto os carros permaneceram com os motores reciprocantes, apesar da tentativa da Chrysler em produzir um carro movido por um motor turbojato nos anos 1960. Mas quando você observa a história da aviação, logo percebe que esta relação, este intercâm