A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Mercado e Indústria

Qual o futuro da Ford no Brasil?

Há quase um ano e meio, quando a Ford anunciou o fim do Fiesta e de seus caminhões no Brasil, fiz uma reflexão sobre os equívocos em série que a fabricante cometeu no Brasil em uma tentativa e entender como ela chegou à sua atual situação. Você pode ler o texto neste link, mas em resumo, ela nunca pareceu preocupada em oferecer um produto melhor que o dos rivais e, quando fez isso, não se preocupou em dar continuidade a ele. Dois casos são emblemáticos: o Del Rey e a Courier. O primeiro, nunca passou de um Corcel "hardtop", curto demais, simples demais, fraco demais e antigo demais para enfrentar os modernos Santana e Monza. O segundo, chegou a liderar o segmento, mas quando seu irmão de plataforma, o Ka de segunda geração, deixou de ser produzido em 2013, a picape foi junto embora sem deixar uma substituta. Ou seja: a Ford simplesmente abandonou o jogo que estava ganhando para não arriscar demais com uma eventual sucessora. Foi uma decisão estratégica? Certamente. Mas considerando

Matérias relacionadas

BMW e Toyota vão lançar esportivo híbrido desenvolvido em parceria para suceder Z4 e Supra

Leonardo Contesini

Por que o Ford Focus é “o melhor Fiesta” que você pode comprar usado?

Leonardo Contesini

Os carros mais vendidos em 2019: o recorde dos SUV/crossovers, a decadência dos sedãs médios e a disputa dos hatches

Leonardo Contesini