FlatOut!
Image default
História Técnica

Suspensão dianteira: qual é a melhor?


Eu ainda acredito que a melhor maneira de se entender qualquer coisa em engenharia é cronologicamente. Obviamente, os sistemas mais antigos tendem a ser mais simples, e os problemas que eles encontram nos ajudam a entender os porquês das mudanças e evoluções. O motivo disso já repeti diversas vezes para vocês: não há mecanismo perfeito. Cada vez que melhoramos algo, pioramos outra coisa. Os engenheiros gostam de repetir este princípio a torto e a direita, basicamente porque é muito útil não só para mecanismos complexos. É útil para entender a vida também. Por isso o crescimento da ciência e a lógica como resposta para tudo, método praticado pela turba hoje em dia como sagrado, só causa frustração na população mundial. Antigamente a religião não deixava dúvidas: faça isso e aquilo, que é o correto. Ao buscar respostas definitivas desse tipo na ciência, a frustração é inevitável: não existem respostas definitivas nela. Qual é o melhor? “Bom, depende...” não é um