A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo

Underdogs: os vencedores mais improváveis da Fórmula 1

Sabe como você diferencia um palpiteiro de um conselheiro? Pelo nível de comprometimento dele com os resultados, com as consequências. Um palpiteiro solta qualquer opinião sem arcar com as consequências dela. Um conselheiro já viveu a experiência ou está no mesmo barco que você. Os americanos chamam de "skin in the game", os brasileiros — sempre irreverentes — falam "por o seu na reta". Isso remonta aos primórdios da civilização, quando Sócrates aceitou a pena capital para honrar sua filosofia em vez de fugir com a ajuda dos amigos. Quando homens duelavam para proteger a honra de suas famílias ou resolver suas desavenças. É uma questão de provar que você realmente acredita em algo a ponto de pagar o preço por isso. Daí também vem o conceito por trás das apostas: você está confiante de algo a ponto de correr o risco. Claro, com o tempo elas também acabaram se tornando jogos de azar, mas isso aconteceu justamente devido a essa filosofia de pagar para ver. É por isso que apost

Matérias relacionadas

Pink Pig: quando a Porsche colocou um 917 cor-de-rosa para correr em Le Mans

Dalmo Hernandes

Os 125 anos da Mercedes no automobilismo | Parte 2

Leonardo Contesini

As maiores trapaças da Fórmula 1

Leonardo Contesini