FlatOut!
Image default
Edições anteriores

FlatOut Edição 140: o primeiro Opala, a Ferrari de F1 que não era de F1 e mais!


Caros leitores, muito bem-vindos à mais nova edição do FlatOut Brasil! Aqui temos elencadas as matérias exclusivas para assinantes. Caso você ainda não faça parte do universo do FlatOut, clique aqui e assine agora mesmo! Caso queira conferir as edições anteriores, clique aqui.

 


 

FlatOut Classics & Street

A história do Opala é uma das mais interessantes e longas entre os automóveis brasileiros; um carro amado por nós e desconhecido no exterior. Uma jabuticaba maravilhosa. E esta história começou exatamente aqui.

Nesta matéria, contamos tudo sobre este Opala especial, guardado pela GM até 1992, e sorteado a funcionários depois; um sobrevivente do início da empresa no Brasil.

Manoel e o primeiro Opala de produção normal | FlatOut Classics


 

Automobilismo

O que dizer da Ferrari, que venceu dois campeonatos de F1 com um carro que nem era de F1? Sim, isso aconteceu há exatamente 70 anos — e também foi a última vez que um italiano foi campeão mundial.

A Ferrari de Fórmula 1 que não era de Fórmula 1


 

Motociclismo

Durante os anos 1970, a Honda queria provar que nada estava fora de seu alcance: todas as motocicletas clássicas européias foram atacadas no mercado por uma Honda que pretendia ser melhor.

Quando a Honda copiou (e melhorou) as motos europeias


 

Técnica

Quem precisa de barra estabilizadora ativa quando se tem freios? Pois foi essa a mentalidade da Mazda ao desenvolver o novo sistema de controle de rolagem de carroceria para a linha 2022 do Miata. Como isso funciona? Simplificando as coisas em vez de complicar — como fizeram Audi, Mercedes e McLaren, por exemplo.

Como o Mazda Miata usa os freios para reduzir rolagem de carroceria?


 

Praticamente toda Ducati tem um desse, mas alguns carros também: Mercedes W198 e Delage Grand Prix são dois exemplos de carros com comando de válvulas desmodrômico. Ele foi criado para contornar a falta de tecnologia que permitisse fazer um motor girar mais de 8.000 rpm em uma época na qual a maioria dos carros mal chegava às 6.000 rpm. Como ele funciona?

Como funciona o comando de válvulas desmodrômico?


 

Você não precisa esperar o motor ferver para saber que sua bomba d’água está indo para o espaço. Basta saber ler os sintomas que o carro apresenta e você não vai ficar na mão. Ou melhor: não vai ficar a pé.

Como saber quando a bomba d’água está indo para o espaço?


 

História

“Na Itália, homens criam carros com paixão. Um deles é Alejandro de Tomaso.” – Assim começava a descrição de Alejandro nas propagandas da Ford para o Pantera nos EUA. Americanos não conhecem nada do exterior, de verdade, e aqui mais uma prova: nem Iacocca, filho de italianos, falava italiano ou se importava que o nome do criador de carros “italiano” era claramente de origem espanhola.”

Alejandro De Tomaso era na verdade argentino, mas não importa: foi um dos mais malucos e prolíficos cronstrutores de supercarros da Itália.

A história de Alejandro De Tomaso, o pai do Pantera


 

Car Culture

Você nunca ouviu falar do Duratec V12? Ninguém ouviu, na verdade. Porque ele não era um Duratec mesmo. Não na forma de V12, mas quando ainda era um V6. E ele não tem nada a ver com o Duratec que eu e você conhecemos no Brasil. Soa confuso? Pois espere até ver o “Mercedes-Maserati”.

O “Duratec V12”, o Mercedes-Maserati e outros motores separados no nascimento


 

Companhias e pessoas tem medo de palavras como “gambiarra”. Não é à toa: o Aurélio define a gambiarra como “recurso geralmente provisório para resolver um problema”, algo de conotação não definitiva, nas coxas. Mas eu, e muitos colegas engenheiros, usamos o termo de uma forma mais generosa. Talvez por não ter uma palavra tão boa para definir nossas melhores ideias, talvez porque gostemos de usar o termo degradante como piada interna. O motivo não importa, o fato é que entre nós, pelo menos em minha experiência, a gambiarra é algo admirável. Não é um termo pejorativo, apenas engraçado; define uma solução não convencional para um dado problema. Não diz respeito a algo provisório, ou mal feito, como dá a entender o Sr. Holanda; diz respeito à criatividade!”

Vida de engenheiro: a gambiarra


 

Clássicos

Parece um RWB, não? Mas é um Porsche original de fábrica. O mais radical dos aircooled. Seu nome é 911 GT2 Evo e, sim, ele inspirou Akira Nakai — que resolveu o maior problema desse carro.

Porsche 911 GT2 Evo: o mais radical dos 911 aircooled – e a inspiração da RWB

 

ESTE Gol GTS 1.8
PODE SER SEU!

Clique aqui e veja como